Dias sim, dias não...

terça-feira, janeiro 25, 2011 Clovisnáilton

Lotofácil

Pois é... tem hora que a gente fica feliz com 11 ou 12 pontos, outras ficamos Pê da vida com 7 e 8 acertos. Lotofácil é isso aí: "fácil" só o nome!

Hoje de manhã eu acordei, peidei e pensei: "é hoje que 'ganhei' na Lotofácil". Sabe aquele negócio de "palavras tem poder?" e que tudo que você fala, vira realidade? Acordei com este pensamento, positivo, alto-astral, pura energia! Peguei minha marmita na geladeira pensando: "última vez que levo comida para o serviço". Fechei a porta de casa pensando: "vou voltar aqui novamente para pegar algumas fotos, coisas pessoais, e depois vou viajar para um lugar bem legal". E no ponto de ônibus, às 06:50 da manhã? "Ônibus, novamente, só de conexão 'aeroporto', fi". 

Este negócio de pensamento positivo é muito legal mesmo, gostei! Eu estava 'milionário' dentro daquele coletivo super-apertado! Neguinho dando cotovelada para passar para a parte traseira do ônibus, o cobrador com aquela cara de 4 da madrugada, o motorista dando arranco, tudo isso, mas tudo isso, pra mim, já era parte do passado! "Xô, pobreza... hoje eu ganhei milhões na Lotofácil". Ê... nem liguei quando uma gordona pisou no meu pé, tentando descer do ônibus. Nem liguei quando uma outra tia, de repente, sacou de sua bolsa um 'embornal' e passou a comer dentro do coletivo (sério... a tia estava tomando café da manhã, em pé, dentro do ônibus: pão com manteiga e mortadela com uma lata de refrigerante) onde corri o risco de, numa freada brusca, voar comida na minha roupa limpinha (da DC, que comprei no mercado paralelo).

Depois de mais de uma hora naquele chacoalha, finalmente, chegamos ao centro! Sabe a vontade que me deu? De dar uma bicuda no coletivo e gritar "te fudê, busão maldito... nunca mais, NUNCA MAIS..." mas, como palavras tem força, fiquei caladinho. Depois, o supermercado! Cheguei, com aquela vontade de trabalhar (SIC), de descarregar inúmeros caminhões de mercadoria, de arrumar as prateleiras, enfim, de suar pra caralho! Mas antes, corri no computador da sala do Seu Barbosa, acessei o site da Caixa Econômica e conferi o concurso 603 da Lotofácil.

Não deu! 

- Alô, mamãe... põe minha comida pra amanhã, tá?

0 comentários:

Postar um comentário